Home   Instituto   Araguaia   Cantão   Águas Interiores   Quem Somos  Projeto Ariranha  Projeto Peixes
Projeto Boto    Comunidades Naturais     ProCantão    Voluntários   Ciência Comunitária   Ecoturismo    
SOS Cerrado   Galeria de Fotos
Home.htmlInstituto.htmlIntroducao.htmlLocalizacao.htmlaguas_interiores.htmlProjeto_Ariranha_2.htmlProjeto_Peixes.htmlProjeto_Boto.htmlComunidades_Naturais.htmlProCantao_Port.htmlVoluntarios.htmlBolsas_de_Iniciacao_Cientifica.htmlVisita_ao_PEC.htmlCerrado.htmlFotos/Fotos.htmlshapeimage_1_link_0shapeimage_1_link_1shapeimage_1_link_2shapeimage_1_link_3shapeimage_1_link_4shapeimage_1_link_5shapeimage_1_link_6shapeimage_1_link_7shapeimage_1_link_8shapeimage_1_link_9shapeimage_1_link_10shapeimage_1_link_11shapeimage_1_link_12shapeimage_1_link_13shapeimage_1_link_14shapeimage_1_link_15
 

Quem somos



George e Silvana são Ecólogos, com mais de 30 anos de experiência em campo no Brasil e no exterior.


Na Amazonia brasileira, participaram da criação e do manejo de mais de 12 unidades de conservação, incluindo o Parque Estadual do Cantão. 


Trabalharam como Especialistas em Ecologia no Banco Mundial e no Programa para o Brasil da ONG norte-americana The Nature Conservancy, em Washington, D.C.


Em 2010, fundaram o Instituto Araguaia de Proteção Ambiental.



Membros da Comissão Mundial de Parques - WCPA, UICN

Membros da Comissão de Sobrevivência das Espécies SSC-OSG, UICN



 


Nós descobrimos o Cantão em 1996, durante a realização de um projeto para selecionar áreas na Amazonia brasileira para serem convertidas em parques. Ao penetrar pela primeira vez no Cantão, nos impressionamos, não somente com a beleza do ecossistema, com suas imponentes florestas, plácidas lagoas e ricos varjões, como também com a abundância de muitas espécies da fauna, principalmente peixes, répteis aquáticos, ciganas (Opisthocomus hoatzin) e outras interessantes aves ribeirinhas, ariranhas (Pteronura brasiliensis) e onças pintadas (Panthera onca).   A abundância de peixes, jacarés e grandes carnívoros é muito alta pelos típicos padrões amazônicos, sendo comparável aos sítios mais ricos do Pantanal matogrossense.


Retornamos diversas vezes ao parque, e eventualmente compramos uma propriedade cujo dono causava empecilhos ao manejo adequando da unidade, nos tornando membros daquela comunidade.  Desde então temos nos dedicado à conservação do Cantão. 


Nós acreditamos que a conservação da natureza só acontece de verdade quando as pessoas do local afetado pelas ações conservacionistas ajudam a implementar essas ações e obtenham benefícios diretos delas. Nosso objetivo é contribuir para a conservação do parque, e torná-lo mais conhecido por meio da produção de dados científicos e de visitação educativa. Com esse propósito em mente, fundamos o Instituto Araguaia de Proteção Ambiental.


Atualmente nossa equipe conta com guardas ambientais e assistentes de pesquisas de campo, uma Bióloga gerente, além de bolsistas de iniciação científica em tempo integral. 


O projeto “Dinâmica Populacional e Monitoramento de Pteronura brasiliensis no Cantão” conta com o apoio técnico da     IUCN, por meio da Dra. Nicole Duplaix, Líder da Comissão de Sobrevivência de Espécies /Grupo de Especialistas em Lontras e também da Sociedade Zoológica de Frankfurt (FZS), em parceria com o trabalho realizado pelos Drs. Christoff Schenck e Rob Williams com ariranhas no Parque Nacional de Manu, no Perú.  A partir de 2013 a FZS passou a oferecer apoio financeiro ao projeto de Monitoramento e Conservação do Parque Estadual do Cantão.


Outros parceiros incluem Fundação Grupo O Boticário, FUNBIO, Zoo Miami, Dortmund Zoo, Baltimore National Aquarium e doadores particulares.


CLIQUE AQUI PARA CONHECER NOSSA BASE DE PESQUISAS


CLIQUE AQUI PARA NOTICIAS DO NATURATINS


O Instituto Araguaia é membro da Alliance for Zero Extinction - AZE


O Instituto Araguaia é membro da IntAct

Ação Internacional pelas Florestas Primárias


 

Um  vigilante especial

O Instituto Araguaia é membro da

              Rede Nacional Pró Unidades     de Conservação




O Instituto Araguaia na MÍDIA